sábado, 14 de novembro de 2015

SOBRE MARIANA, PARIS & MAIS AMOR, POR FAVOR.


    Escrevo essa publicação em uma sexta-feira, 13. Sexta, 13 de novembro de 2015. Triste, nervosa, desgostosa e decepcionada, principalmente. Nunca acreditei nessa estória de azar, superstição, ou sei lá o quê, mas hoje a bruxa está solta de verdade. Vocês, com certeza, estão sabendo dos ataques terroristas em Paris. Houve explosões, próximas ao Stade de France, durante uma partida entre as seleções da França e da Alemanha. E mais três tiroteios, simutâneos, que até o momento em que eu escrevia, deixaram 118 mortos. 
    Que desgraça! É impressão minha, ou todo final de ano acontece coisas desse tipo? Quando eu digo "desse tipo", não quero dizer terrorismo, mas destruição. Porque foi isso que aconteceu, acabaram com muito mais do que cento e vinte vidas, porque as vítimas têm pais, mães, irmãos, esposas, maridos, filhos ... isso é triste! Triste demais! 
    Mas sabe o que me deixou nervosa/desgostosa/decepcionada? Foi ver que ali em Minas - é, ali do lado - aconteceu outra tragédia, há oito dias e a televisão não mostra. Está tendo cobertura especial sobre os ataques terroristas, mas as emissoras pouco comentam sobre Mariana. Aconteceu há mais de uma semana, mas os habitantes ainda estão vivendo esse pesadelo, sabe? Centenas de pessoas desabrigadas, que perderam tudo - TUDO! Depois que aconteceu o rompimento de duas barragens de rejeitos de mineração e uma onda gigante de lama varreu um distrito inteiro! Foda ... desculpem o nível, mas é FODA. O desastre foi considerado o maior da história de Minas Gerais, um dos maiores do país. A lama não parou só - se é que posso dizer 'só' - em Bento Rodrigues, essa lama está seguindo "seu" caminho desde o dia 5, pelo leste de Minas. Já invadiu o Rio Doce, Governador Valadares declarou calamidade pública e ela ainda vai chegar no Espírito Santo (se é que não chegou). Tem muita - muita - gente precisando de comida, de roupa, de produtos de higiene, água, uma mão amiga, uma oração e ao invés de divulgar, mostrar como e para onde enviar ajuda, a TV está mostrando uma cobertura ao vivo dos ataques terroristas de Paris! Dá pra acreditar?
    Tudo que eu posso fazer pelos franceses é orar, Deus vai confortar. Mas é só isso que podemos fazer. Síria ainda está em guerra e o Japão está sob alerta de Tsunami, depois de um tremor 7.0. Então, tipo assim, podem continuar compartilhando a hashtag #PrayforParis, mas vamos usar #PrayforMinas, #PrayforMariana, #PrayforRioDoce, #PrayforSyria, #PrayforJapan #MaisAmorPorFavor, mas vamos orar de verdade e vamos doar também. Não fiquem só compartilhando imagens da Torre Eiffel no Facebook, porque Paris é bonita, fingindo que se importam, quando na realidade não se importam nem com o vizinho que ainda está vivo, não se sabe por quanto tempo.

Doações: Precisam de doações de água, roupas, produtos de higiene pessoal e alimentos não perecíveis. Ponto de coleta: Bola de Neve Church (Rua Clélia 1517, Lapa-SP), das 9h às 18h.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...