Pular para o conteúdo principal

FESTIVAL & COMIDAS COREANAS


  Hey! O festival K-food já passou faz tempo, mas como eu ainda não manisfestei a minha opinião sobre ... cá estou eu. Não sei se alguém foi lá porque viu aqui no NB, muito provavelmente não, mas tinha muita gente - muita gente mesmo - e foi incrível. Aquele ditado "tudo que é bom dura pouco" nunca fez tanto sentido na minha vida, saudades das três horinhas de festa. 
   Como eu tinha dito na divulgação, o evento aconteceu no dia 26 de junho, no dia do jogo da Coreia contra a Bélgica e além da comida contou com muitas atrações sensacionais. 
   Como eu não como carne, não posso dar uma opinião sobre todos os pratos, porque eu experimentei poucas coisas - snif - mas a minha mãe experimentou 80% e achou tudo uma delícia. Ao contrário da comida japonesa com a qual a gente está acostumado, a comida coreana é extremamente saborosa - e apimentada. Eu não sei se eles reduziram a dose de pimenta para não assustar os brasileiros, mas só sei que depois do kimchi e do tteokbokki minha boca estava dormente e mesmo assim era tudo muito gostoso. Vou usar fotos genéricas para explicar o que é cada coisa, porque eu fiz o favor de levar a máquina sem pilha no dia - palmas para mim, obrigada.


   O que eu gostei é que em toda barraquinha tinha um banner explicando o que era cada comida e quais eram os ingredientes, então só passou perrengue quem quis.
   O tteokbokki, ou só topokki, da foto acima, é um snack coreano feito principalmente de massa de arroz, com massa de peixe e molho de pimenta, mas possui variações e pode ser servido com outras coisas. No evento foi servido com algumas verduras e legumes. Muito bom.


   Momento chora inimigas, porque o ator Yoon Sang Hyun estava lá, lindamente fazendo um bulgogi wrap e na hora de escolher alguém pra dar, ele deu pra quem? Quem? Hum? Minha mãe! Sensacional, como diria o sábio - esqueci o nome dele - ... Fiuk. 
    Mas tá, bulgogi wrap é um wrap de bulgogi e este por sua vez é um prato típico coreano, preparado com carne marinada e grelhada em molho de soja, alho picado e gergelim, depois servido com legumes.


    O correspondente do sushi na Coreia é o kimbap, não contém peixe cru! Então se a sua desculpa para não comer era essa, pode partir pro abraço. O kimbap é feito de arroz cozido, vários legumes e carne bovina. Mas isso é o básico, né? O prato pode levar outras coisas como queijo, ovo, atum ... o do evento tinha até salsicha! E pode ter apenas legumes para os vegetarianos.


    Olhando assim você pode se perguntar que raios é isso. Devo dizer, santa gororoba, é considerado o prato base da alimentação coreana. O kimchi, como é chamado, pode ser consumido pelos coreanos nas três refeições diárias. Possui muitas variações também, mas a "original" trata-se de acelga que ficou em salmoura durante várias horas, depois envolvida em uma pasta feita com farinha de arroz, açúcar, pimenta e vários outros temperos, com nabo e cebolinha. Pode ser consumido assim que é feito, mas a maioria dos coreanos recomenda comer depois de uma semana, depois que ele fermentou. Eu provei fermentado e muuito gostoso. O Kimchi Bus estava lá!
    Kimchi é considerado o alimento do futuro, devido as altas propriedades nutritivas. Além disso, o kimchi e o kimjang - que é o ato de fazer kimchi em grandes quantidades de forma colaborativa - foram considerados patrimônios da humanidade pela UNESCO no ano passado.

    Além disso teve odeng, frango apimentado, melona ... resumindo, foi muito bom. Assistimos algumas apresentações bem bacanas, os coreanos são muito simpáticos e animados, infelizmente não podemos ficar para assistir o jogo, mas foi sensacional. Vamos aguardar o próximo evento *-*

Comentários

  1. athoooooooooooooooooooooro ainda comerei essas dlçs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Isso, tem que experimentar mesmo.
      Vou te contar, eu me surpreendi! Não achei que seria tão gostosa a culinária coreana, mas é tudo muito bem temperado, é saboroso e de quebra saudável haha, então experimente :3
      Beijos

      Excluir

Postar um comentário