Pular para o conteúdo principal

FROZEN: UMA AVENTURA CONGELANTE


   Yay, seus lindos! Ontem eu fui no shopping com a Camila e a Michelle, dar aquele passeio básico que nós tínhamos combinado para todo final de mês depois que terminamos a Federal, mas que acaba acontecendo uma vez no ano/semestre por motivos de não-sei. E olha, foi tão divertido! Nós andamos muito, passamos algumas horas nas lojas de brinquedos, depois assistimos Frozen e depois fomos comer na lanchonete mais linda da cidade. Não não, do estado, não, pera: do país! Porque Guarulhos está crescendo e ficando linda e glamourosa. Com a inauguração do Johnny Rockets aqui ~ o primeiro do Brasil ~ eu já me sinto melhor em relação aos outros restaurantes que só existem em São Paulo. Mas a dica de hoje não é sobre o dono do melhor hambúrguer vegetariano que já comi, infelizmente. Vou falar o que achei de Frozen: Uma Aventura Congelante.
Sabe, minha mãe gosta muito de cinema, mas no ano passado eu não tive muitas oportunidades de ir assistir filmes com ela, por causa da faculdade. Esse semestre vou tentar não atolar, pra poder curtir um pouco mais com ela e pra trazer mais resenhas pro blog, também.


   Sinopse: Bom, eu estava vendo muitas coisas sobre Frozen na internet, em blogs principalmente, mas eu não quis ler nenhuma resenha pra não pegar spoilers nem nada, porque acho isso chato pra caramba, então eu fui assistir o filme esperando basicamente algo que envolvesse neve, ponto. 
   Acertei, obviamente. Frozen conta a história de Anna e Elsa, duas irmãs princesas que se davam muito bem na infância, mas que acabaram sendo afastadas devido um acidente causado pelos poderes de Elsa, a irmã mais velha. Após a morte dos pais, as duas continuam isoladas no castelo da família e mesmo com a insistência de Anna chamando a irmã para brincar na neve, Elsa permanece trancada em seu quarto, o que faz com que a irmã pense que a outra a abandonou. Até que é chegado o dia em que Elsa deve assumir o reinado de Arendell e um novo acidente acontece, então ela decide que é hora de partir e ser livre sozinha, provocando assim o congelamento do reino. É aí que Anna vai atrás de sua irmã para traze-lá de volta e acabar com o frio.
   Sobre as canções: É um musical, então se você não gosta, vai perder um pouco a paciência. Mas eu amo filmes assim e apesar das minhas amigas terem dito que acharam as músicas traduzidas muito ao pé da letra, eu achei muito bonitinho, minha favorita é "Livre estou", trilha da Elsa, linda. Tempestade, vem. O frio não vai mesmo me incomodar. 
  Sobre a arte: Nossa, a Disney está cada vez mais detalhista. O desenho é lindo e tem partes que chega a ser emocionante. Eu já falei que gostei muito da Elsa? Enfim.
   Sobre a dublagem: Fábio Porchat, meu amigo, parabéns! Foi difícil acreditar que Olaf, o boneco de neve dos abraços quentinhos, não nasceu com essa voz. A voz da Elsa ~ e lá vamos nós ~ é um pouco rouca, do jeitinho que eu queria ter e bem a cara dela. Descobri que a verdadeira dona é Taryn Szpilman. As vozes dos outros também deram super certo.


    Ah, quase esqueci. Antes do filme um curta do Mickey é exibido e no finalzinho dos créditos tem cena extra!

Comentários

  1. Frozen <333
    Assisti esse filme domingo e estou morrendo de vontade de assistir de novo. É tão apaixonante, até chorei assistindo hahaha Adorei por ser um musical, faz tudo parecer muito mais mágico do que já é. Ainda bem que está sendo um sucesso enorme pq é maravilhoso *-*
    Beijos :*

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olha, eu sou muito chorona, mas nem chorei dessa vez, quaase, mas não. Só que ainda assim eu gostei, amo musicais! Agora quero uma boneca da Elsa, me dá?

      Excluir

Postar um comentário