sexta-feira, 15 de março de 2013

UM FINAL DE SEMANA COM JOHNNY DEPP


   Isso mesmo, meu querido, dois dias com você. Calma, calma, eu não irei mandar ninguém para os Estados Unidos, infelizmente. O post de hoje tem uma lista, com 5 filmes - títulos, melhor dizendo - que contam com a ilustríssima participação do Johnny e que deixarão o final de semana de quem não vai sair, viajar, nem nada do gênero, um pouco mais divertido, melhor ainda é se você anotar a listinha, chamar as amigas, correr pra locadora e assistir todo mundo junto . Está aí, um programa especial, sem precisar ir muito longe, ou gastar muito dinheiro.
   Bom, sei que Johnny Depp é do tipo que dispensa apresentações, contudo, acho que vale a pena dizer que aos 46 anos, Depp foi eleito o homem mais sexy do mundo pela revista People. Sei lá né, quem sabe isso não te deixe com mais vontade de assistir pelo menos um da lista? O mais provável é que algum você já tenha assistido, afinal estamos falando de alguém que tem uma estrela com seu nome na calçada da fama, se você for apaixonada por ele tanto quanto eu, já vai ter assistido todos e uns outros mais, o que não te impede de assistir novamente, certo? Então vamos lá.


   Edward Mãos-de-Tesoura: Estrelado pelo Johnny Depp e dirigido por Tim Burton. Romance fantasia, conta a estória - sim caros amigos, estória - de uma criação de um velho inventor, que morre sem terminar o seu último trabalho, Edward. Um homem, de carne e osso, mas que no lugar das mãos possui tesouras, usadas para cuidar do jardim da mansão onde morava com o velho. Um dia uma senhora, chamada Peg, decide vender alguns produtos na mansão e acaba descobrindo Edward que já passara muito tempo sozinho, sem conseguir deixá-lo, leva o rapaz para sua casa e vou parar por aqui se não acabo contando o filme todo.


   Em busca da Terra do Nunca: É a estória de Sir James Matthew Barrie, o autor de Peter Pan, que enfrentava muitas dificuldades com as suas criações que não eram bem aceitas pelo público e por isso buscava inspirações. E é aí que ele conhece uma viúva, mãe de quatros crianças que o fizeram encontrar a inspiração que precisava.


   A Fantástica Fábrica de Chocolate: Um filme tão colorido e divertido que eu nunca me canso de assistir. Charlie, um menino doce que mora com os pais e avós em uma casa miserável, grande fan de chocolate, mas que só ganha um uma vez por ano, no seu aniversário. Depois que o pai de Charlie perde seu emprego na fábrica de pasta de dente, a família começa a trabalhar muito e tenta economizar de todas as formas possíveis. Enquanto isso o maior fabricante de chocolate, Willy Wonka, lança uma promoção bem esquisita. Cinco convites dourados, dentro de cinco barras de chocolates Wonka, ao redor do mundo, aqueles que encontrarem o convite terão o direito de passar um dia em sua fábrica - fechada para "meros mortais", digamos assim, há muito tempo. 


   Musical, suspense e terror. Sensacional, você deve assistir, ainda que seja daquelas "ai, mas eu detesto musical!" Após uma magistral introdução, a silhueta agourenta de um navio surge em meio a névoa característica de Londres. O navio cruza o Tamisa de volta a capital da Inglaterra, onde é a casa do jovem marinheiro Anthony Hope. Hope canta a beleza e explendor da cidade, alegando não haver lugar igual no mundo, porém a espreita, uma figura sombria traz a antitese comum aos mais experientes. É Sweeney Todd, homem misterioso e de ar amalucado, que faz uma ode às avessas sobre a Londres que ele conhecera. Todd, nesta mesma canção conta a Hope sobre um certo barbeiro chamado Benjamin Barker, que vivera ali com sua bela esposa, Lucy e a filha, ainda um bebê. Porém um juiz corrupto, possuído pelo desejo de tomar a esposa do barbeiro, o condena a prisão sob exílio em algum lugar na Austrália. Assim acaba o relato sobre o triste infortúnio do jovem barbeiro. Seguimos então na história sob a perspectiva de Todd, que adentra o coração da cidade, e para justamente na rua Fleet. Ali a decadência e o desespero da era vitoriana são evidentes, seja pela pobreza dos transeuntes, maltrapilhos e fedorentos, ou pela paisagem fumacenta e metálica; esta é a situação da Londres de Todd, viva, moderna, cintilante e, em parte, fosca.


   Piratas do Caribe: Por último, se for fazer uma sessão com as amigas, ou se não tiver nada para fazer mesmo e resolver passar o dia inteiro sozinha assistindo filme, assista a saga de Piratas do Caribe. Não vale contar a sinopse de todos, porque o post ficaria enorme. E vocês também já conhecem né? D:


2 comentários:

  1. Johnny Deep divo! Adoro o trabalho dele *-*
    Beijos,http://stopnow-paradaobrigatoria.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. eu também!! aliás amo o trabalho dele, do Tim e da Helena hahaha , formam um trio maravilhoso ^^

      Excluir

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...