domingo, 17 de fevereiro de 2013

VIDA DE UNIVERSITÁRIA I


   Um, dois, três, gravando. - Olá, meu nome é Gabriela Arruda, tenho 17 anos e a doze dias a minha vida virou de pernas para o ar. - corta... é tudo mentira! Prometi que contaria para vocês como foi meu primeiro dia na Fatec e até agora nada. Até cheguei a compartilhar minha primeira experiência com os amigos do facebook, dividindo o meu dia em pequenos dez relatos que resolvi não publicar aqui devido o meu alto nível de estresse e a quantidade de palavras não apropriadas para o ambiente. Mas que seja, hoje eu vou falar de como a minha vida não mudou nada quando eu passei a ser universitária.
    Na hora que eu vi meu nome na lista de convocados - acredite se quiser - a primeira coisa que eu pensei foi: Vou comprar o caderno do My Little Pony! - como consegue ser tão infantil? - Depois que caiu realmente a ficha, eu finalmente entrei em pânico, fui rever a lista e só haviam cinco meninas, em uma sala com quarenta alunos. Por Deus. Achei que seria a mais nova da sala e que não conseguiria me enturmar com ninguém porque sou muito anti social. Até parece. [...]
    De fato, cheguei a conclusão que tudo aquilo que a gente teme acontecer quando chega o ensino superior simplesmente: não acontece. Aquele seu professor chato de Química que vivia dizendo que  quando chegasse na faculdade acabaria a moleza, não estava cem por cento certo, afinal quem batalha pra passar no vestibular, deixa de se divertir nos finais de semana para enfiar a cara no livro e coisas do gênero, já perdeu a moleza há muito tempo. O que eu quero dizer é que para mim o baque não foi nem de longe, tão grande quanto eu esperava que fosse. Eu não sou a única com 17 anos na sala, os professores só tem uma cabeça, eu posso dormir até mais tarde agora, tenho tempo suficiente para ler e estudar e de quebra ainda consigo atualizar o blog todo dia. Acredite, é bem menos puxado do que fazer ensino médio de manhã, técnico a tarde e iniciação científica a noite. Sei lá, deixando de lado as partes traumáticas do primeiro dia, ser universitária é ótimo e eu não vejo a hora de poder dividir mais essa minha fase com vocês.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LinkWithin

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...