Pular para o conteúdo principal

LISTA #6 DEZ RAZÕES PARA DORMIR BEM


     Duas coisas que eu nasci para fazer: dormir e comer. Só. Não sei se é porque nesses últimos dias eu estou dormindo demais, ou se é porque a matéria é simplesmente legal, mas eu encontrei na página de saúde do site da Abril uma postagem muito interessante sobre os benefícios, comprovados cientificamente, de pregar os olhos e trouxe para vocês de forma bem resumida.

1. Aqueles que prezam por um bom descanso noturno são menos vulneráveis a qualquer tipo de doença. Mas dormir em excesso também faz mal, o ideal é entre seis e nove horas por dia.
2. De acordo com o neurologista Luciano Pinto Júnior, a privação de sono faz cair a produção de leptina, o hormônio da saciedade., ou seja quem não dorme como deveria tende a comer mais, além de ter menos disposição na hora de praticar alguma atividade física.
3. Especialistas creem que a privação de sono — intencional ou patológica — atrapalha a ação da insulina, o hormônio que leva o açúcar para dentro das células. Isso significa que, dormir direito reduz os riscos de ter diabete, do tipo 2.
4. O código genético é o primeiro da fila a sofrer retaliações pelas noites maldormidas. É possível restabelecer o DNA após um final de semana em claro, contudo quando a privação de sono é contínua esse caminho é sem volta
5. Um sono de qualidade aprimora o desempenho acadêmico. 
6. Dormir é um remédio para a criatividade. Sara Mednick, da Universidade da Califórnia, diz que a fase REM, aquela em que sonhamos, melhora em até 40% a habilidade de solucionar questões que exigem nosso lado criativo, isso porque nesse estágio ocorrem associações entre ideias que antes estavam desconexas.
7. Dormir bem é fundamental para a consolidação das lembranças. Isso é fato. De acordo com a neurologista Suzana Schonwald, à noite o cérebro reprocessa as informações e passa a armazenar a memória.
8. A calada da noite é um momento ímpar para que as forças de defesa se organizem e estejam aptas a desarticular tumores o mais cedo possível. Quando estamos aconchegados no travesseiro, nosso corpo libera substâncias que participam direta ou indiretamente dessa missão. 
9. O psicólogo Brant Hasler constatou que um sono irregular patrocina crises conjugais. "Existe um ciclo vicioso: os parceiros que vivem discutindo dormem mal, e isso, por sua vez, piora a relação no dia seguinte, tente resolver os conflitos antes de se deitar, porque eles podem perturbar o sono, dando continuidade às brigas". 
10. Todos os vasos são gratos quando a gente se desliga do plugue à noite. A retribuição a esse investimento é uma probabilidade bem menor de ser vitimado por infartos e derrames. 

Continuando o assunto,  a privação de sono é ainda mais devastadora ao coração feminino. Foi o que comprovou a pesquisadora Michelle Miller ao analisar mais de 4 600 ingleses. Então por favor meninas, durmam direito, mas não muito também, o excesso é tão ruim quanto a falta. O ideal é sempre dormir e acordar no mesmo horário.

Comentários